Fatores de Risco

Antes de tomar uma decisão de investimento, os potenciais investidores devem considerar cuidadosamente todas as informações disponíveis neste website, em especial os riscos mencionados abaixo. Os negócios, situação financeira e resultados de operações da Fras-le podem ser adversa e materialmente afetados por quaisquer desses riscos e, por conseguinte, impactar negativamente os títulos emitidos pela Companhia. Os riscos descritos abaixo são aqueles conhecidos pela Fras-le e que acredita-se podem afetar de maneira relevante a Companhia. Riscos adicionais não conhecidos pela Fras-le ou irrelevantes também podem afetar os seus negócios.

Riscos conhecidos incluem incertezas, que são limitadas ao impacto da competitividade dos preços e produtos, aceitação dos produtos no mercado, comportamento dos competidores, aprovação regulamentar, tipo e flutuação de moedas, regularidade no fornecimento de matérias primas e operação, dentre outras. A Companhia não se obriga a atualizar a apresentação mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros.

A Companhia não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas neste site.

1) RISCOS RELACIONADOS A FATORES MACROECONÔMICOS
  • As condições econômicas e políticas no Brasil poderão ter um efeito adverso em nosso negócio e no valor de mercado das nossas Ações Ordinárias.
  • Os desdobramentos políticos, econômicos e sociais e a percepção do risco em outros países, em especial os países com mercados emergentes, poderão afetar de modo adverso o valor de mercado dos valores mobiliários brasileiros, inclusive nossas Ações Ordinárias.
  •  O Governo Federal exerceu e continua a exercer influência significativa sobre a economia brasileira. Essa influência, bem como a conjuntura econômica e política brasileira, podem causar um efeito adverso relevante nos negócios, na situação financeira, nos resultados operacionais e nos fluxos de caixa da Fras-le e no preço de mercado de suas ações.
  •  A inflação e os esforços do Governo Federal de combate à inflação podem contribuir significativamente para a incerteza econômica no Brasil, podendo prejudicar os negócios, situação financeira, resultados operacionais, fluxos de caixa da Companhia e preço de mercado de suas ações.
  •  A instabilidade cambial pode afetar adversamente seus resultados operacionais e financeiros, bem como o preço de mercado das ações da Fras-le.
  • Os acontecimentos na economia global e em outros países emergentes podem ter um impacto negativo na economia brasileira e afetar adversamente o acesso da Companhia a financiamentos e o preço de mercado de suas ações.
2) RISCOS RELACIONADOS AOS NEGÓCIOS DA FRAS-LE
  • Operamos em setores altamente competitivos, caracterizados pela constante pressão sobre preços.
  • Os setores de autopeças e de equipamentos ferroviários requerem uso intensivo de capital para investimentos
  • e nosso crescimento pode demandar recursos adicionais que poderão não estar disponíveis ou estar disponíveis em condições não satisfatórias
  • Os setores nos quais operamos são cíclicos e dependentes das condições da economia brasileira e mundial.
  • Nosso negócio está sujeito à regulamentação ambiental, e a imposição de novos regulamentos pode exigir dispêndios de capital significativos, aumentando nossa necessidade por recursos adicionais.
3) RISCOS RELACIONADOS ÀS AÇÕES DA COMPANHIA
  • Os detentores de nossas ações ordinárias poderão ter dificuldade de promover a citação de nossa companhia ou de outras pessoas ou de executar decisões contra nós e outras pessoas.
  •  A relativa volatilidade e falta de liquidez do mercado brasileiro de valores mobiliários poderão limitar substancialmente a capacidade dos investidores em Ações da Companhia de vendê-las pelo preço e na ocasião que desejarem.
  • A Companhia pode vir a precisar de capital adicional no futuro e pode emitir novas ações por meio de aumentos de capital, em vez de recorrer a dívida, o que poderá resultar em uma diluição da participação do investidor nas Ações da Companhia.
  • Os titulares de nossas Ações Ordinárias poderão não receber dividendos.
  • As proteções conferidas aos acionistas minoritários no Brasil são diferentes das proteções conferidas nos Estados Unidos, e exigir seu cumprimento poderá ser mais difícil.
Última atualização em

Fechar